Será que estamos no Japão?

eletronicos

Há muitos anos eu já ouvia algumas histórias sobre os eletrônicos descartados no Japão praticamente novos e em pleno funcionamento, substituídos por modelos mais novos comercializados por preços acessíveis aos consumidores. Atualmente venho observando um problema semelhante no Brasil, pois a cada dia fica mais difícil vender um gadget usado, pois as pessoas simplesmente preferem comprar modelos mais novos ou oferecem preços totalmente fora da realidade aos vendedores.

Não cheguei no ponto de descartar os meus equipamentos eletrônicos, mas a maior parte foi doada para familiares por conta da falta de interessados em pagar um preço mínimo justo. Dois bons exemplos disso foram o meu Macbook Pro de 15 polegadas com processador i7 de 2,2, 16GB de RAM e HD de 1TB híbrido e a câmera Canon EOS – M que tentei vender por R$ 4.500,00 e R$ 990,00 respectivamente, mas que receberam apenas propostas de troca ou de valores muito inferiores aos praticados no mercado.

É uma pena mas para vender por valores muito abaixo aos praticados no Mercado Livre ou sites similares eu prefiro ficar com o aparelho em casa ou doar para alguém da família que esteja realmente precisando. Às vezes tenho a impressão que estamos no Japão das histórias de equipamentos descartados na rua que ouvi tantas vezes.

E você, o que tem feito com seus gadgets usados?

10 Comments

  1. Eduardo 10/02/2014
    • rtoledo 10/02/2014
      • Claudio 10/02/2014
  2. Evandro 10/02/2014
  3. Scheldon 10/02/2014
    • rtoledo 10/02/2014
  4. Allan 10/02/2014
  5. Aguiar Junior 11/02/2014
  6. Jorge P. 11/02/2014
  7. Paulo Henrique 11/02/2014

Leave a Reply