Os problemas da liberdade no Android

androidtriste

Antes de mais nada eu gostaria de dizer que gosto muito da plataforma Android e compro meus aparelhos desde o primeiro Motorola Milestone, mas ao mesmo tempo sempre procurei manter outros aparelhos ao mesmo tempo em minhas mãos para poder aproveitar o melhor de cada sistema operacional.

Atualmente estou usando um HTC ONE, um iPhone 5 e devo fazer a reposição do meu Lumia 920 pelo 1020 em breve, sendo que deste modo posso alternar o uso entre estes aparelhos e observar melhor as vantagens e desvantagens de cada sistema sem nenhum comportamento mais radical em favor de qualquer fabricante.

Nos últimos tempos a liberdade do sistema operacional Android vem me chamando a atenção, pois é neste sistema que o usuário e o desenvolvedor tem a maior facilidade de alterar e criar novas versões do sistema bem como de aplicativos, que podem ser desenvolvidos e publicados na loja sem qualquer burocracia, o que sem dúvida alguma é uma vantagem interessante. Ocorre que com esta liberdade toda muitas vezes o uso do sistema acaba ficando um pouco prejudicado, pois muitas vezes é difícil encontrar uma boa ROM que mantenha o funcionamento do aparelho impecável sem perder alguns diferenciais criados pelos fabricantes.

Atualmente com o meu HTC ONE já usei o software original, alterei para a versão Google Edition onde pude observar um consumo excessivo de bateria e atualmente estou testando a Maximus HD, que em sua última atualização não ficou 100% e apresentou alguns pequenos bugs. Hoje estou pensando em testar novamente a versão Google Edition, na esperança de que com a versão 4.4 a bateria melhore um pouco, o que provavelmente deve acontecer.

Com os apps o problema geralmente está na instabilidade e consumo de recursos, sendo que parece que na impossibilidade de homologar o software com todos os aparelhos disponíveis no mercado, muitas vezes você pode ser contemplado com uma versão com problemas de compatibilidade bem no aparelho que você utiliza.

No final das contas, pelo menos no meu caso, a liberdade do Android acaba se tornando um problema, pois eu perco mais tempo experimentando os mais variados firmwares sem sucesso do que usando o aparelho, o que o tempo sempre me deixa desanimado com o sistema. Acho que depois de instalar o Android em sua versão pura no HTC ONE vou procurar sossegar um pouco e deixar um pouco de lado a liberdade de fazer o que quiser com o aparelho, o que sem dúvida é muito bom, mas com certeza é algo positivo para pessoas com muito mais tempo livre do que eu, que preciso de um aparelho que funcione bem na maior parte do tempo e que na medida do possível não me deixe na mão.

14 Comments

  1. Gilberto 06/11/2013
  2. Mark (@markbierast) 06/11/2013
  3. Tiririca no Congresso 06/11/2013
  4. Henrique Bonfim 06/11/2013
    • Mark (@markbierast) 06/11/2013
  5. Daniel 06/11/2013
  6. Gaius Baltar 06/11/2013
  7. Leo 06/11/2013
    • Mark 06/11/2013
      • Magnum (@Orteney) 07/11/2013
        • Mark 08/11/2013
  8. erick0023 06/11/2013
  9. Magnum (@Orteney) 07/11/2013

Leave a Reply