Crianças preferem perguntar ao Google do que seus pais ou professores

De acordo com uma publicação do Daily Mail 54% das crianças preferem solucionar suas dúvidas consultando o Google no lugar de perguntar a seus pais ou professores. No mesmo relatório também foi observado que por volta de 45% nunca consultaram uma enciclopédia e 19% não sabem o que é um dicionário impresso.

O estudo envolveu 500 crianças e destaca a tecnologia como uma central de respostas. Quase metade das crianças entrevistadas utilizam o Google pelo menos cinco vezes ao dia.

“Isso não é necessariamente uma coisa ruim. Ela mostra o quão comum é a tecnologia digital para as crianças de hoje e como elas estão confortáveis em usá-la”, disse Dr Pam Waddell, Diretor da Birmingham Science City.

O Google atualmente se transformou em uma enciclopédia moderna, e se por um lado esta pesquisa demonstra que os pais e professores estão ficando um pouco mais distantes das crianças, por outro podemos ver que elas estão ficando ainda mais independentes, procurando resolver suas dúvidas sozinhas.

Na minha opinião o problema está na qualidade das informações obtidas, pois nem sempre as crianças tem a capacidade de checar as fontes de forma adequada, o que pode levar a grandes falhas nos resultados, e para ajudar a resolver este problema, acredito que a melhor saída seria termos os pais e professores sempre por perto para orientar e demonstrar a forma correta de fazer uma boa pesquisa.

Via Google Discovery.

Leave a Reply