O Câncer e o uso dos celulares

Há muito tempo, vários estudos indicam algumas relações ainda não comprovadas sobre o câncer e o uso de telefones celulares, entretanto agora um memorando de Dr. Ronald B. Herberman, diretor da Universidade de Pittsburgh (Cancer Institute), tem causado muitas discussões na comunidade científica sobre os efeitos da utilização dos telefones celulares.

Neste memorando são transcritas algumas orientações sobre como usar um celular de forma mais segura, sendo que ele sugere que as pessoas tentem evitar transportar constantemente os seus telefones celulares junto ao corpo, bem como manter os dispositivos nas proximidades durante a noite (sob o travesseiro ou no criado-mudo). Ele também adverte sobre a utilização de telefones celulares em lugares públicos, pois expõe as outras pessoas ao campo electromagnético. Herberman também informa que as precauções foram revisados por especialistas em neuro-oncologia, epidemiologia, e neurocirurgia, bem como do Centro de Oncologia.

É muito importante procurar comprar um telefone que tem um baixo rating SAR (Taxa de Absorção Específica, que é uma medida da intensidade do campo magnético absorvida pelo corpo), utilizar fones de ouvido ou viva voz sempre que possível, com o objetivo de maximizar a distância entre o telefone e o seu corpo, além de limitar ao máximo o uso de celulares por crianças.

Apesar das fortes discussões em torno destes estudos, acredito que não faria nenhum mal seguirmos as recomendações como medida de precaução, para reduzirmos os riscos de problemas futuros.

Fonte: Newlaunches.

One Response

  1. Cleverson 04/08/2008

Leave a Reply