Venda de produtos vencidos

Há muito tempo quando trabalhei na rede Sé Supermercados, que foi posteriormente adquirida pelo Grupo Pão de Açúcar, conversando com um colega sobre problemas com produtos com prazo de validade vencido nas gôndolas dos supermercados ele me contou um caso muito interessante.

Em uma viajem ao Canadá ele foi logo passear em um Supermercado para ver como as coisas funcionavam em uma realidade diferente da brasileira, quando encontrou alguns produtos vencidos na área de venda da loja. Neste momento ele solicitou um contato com o gerente do supermercado para conversar um pouco sobre este problema encontrado e como ele era visto pelas pessoas no Canadá. Neste momento ele se apresentou como funcionário de uma rede de supermercados do Brasil e questionou sobre o problema do produto vencido exposto para o público, comentando que no Brasil isso causava problemas super sérios ao gerente da loja e para a empresa. A resposta foi simples, se o produto está vencido, o consumidor não compra, pois ele pode ver a data na embalagem, logo só compra se quiser!

Ontem eu estava lendo o excelente Consumerist, onde encontrei um artigo sobre este assunto, indicando que nos EUA as lojas estão autorizadas a vender alimentos depois de ter passado o chamado, “Melhor até”, “Melhor Antes”, “vender por” ou “até tal data” carimbados nas embalagens. No artigo fica claro que o produto só poderia ser melhor em termos de sabor, consistência ou textura até a data indicada, sendo mais do que claro que após este prazo o consumidor estaria comprando produtos velhos pelo mesmo preço de um mais novo, e que não seria inteligente fazer uma compra assim.

Apesar de ser um excelente avanço, o nosso Código de Defesa do Consumidor trata as pessoas como crianças, incapazes de verificar um simples prazo em uma embalagem, o que leva muitos consumidores, com o velho jeitinho brasileiro, ou ainda com a lei de Gérson atentarem tirar uma vantagem em uma situação dessas.

Se você está fora do Brasil, conte como as coisas funcionam em seu País com relação a data de validade dos produtos vendidos nos supermercados! É muito interessante ver como as coisas funcionam nas mais diversas culturas e países.

22 Comments

  1. Cap 19/06/2008
  2. Gustavo 19/06/2008
  3. 19/06/2008
  4. rodrigostoledo 19/06/2008
  5. Carlos G Moura 19/06/2008
  6. eric mamade (kiki) 19/06/2008
  7. popotron 19/06/2008
  8. Alessandro 20/06/2008
  9. Veridiana Serpa 20/06/2008
  10. rodrigostoledo 20/06/2008
  11. Alexandre 20/06/2008
  12. Paulo Braga Prado 20/06/2008
  13. Felipe Gásparo 20/06/2008
  14. Quandt 22/06/2008
  15. Rudolf 23/06/2008
  16. EDUARTE FERNANDES FARIAS 15/09/2008
  17. lucas rodrigues 27/10/2009
  18. vanessa 19/03/2010
  19. Carlos Giovanni 16/01/2011
  20. junior 02/08/2011

Leave a Reply