Exagero na “proteção do copyright”

Hoje encontrei no excelente BrPoint um texto muito interessante sobre o exagero na proteção do copyrigth. Quem costuma assinar feeds de blogs e sites deve ter reparado que alguns deles incluiram um aviso no início do feed dizendo o texto está sendo lido em um outro lugar que não o blog original ou meu leitor de feeds eu estou em um site de um ladrão. Muito apropriada a comparação feita com avisos anti-pirataria e outras formas de incluir conteúdo desnecessário nos DVDs e Cds que compramos atualmente. Isso realmente desnecessário.

Acho que é sempre de extrema importância indicar as fontes de onde os posts do blog surgem, pois eu sempre procuro trabalhar com vários tipos de conteúdo, sendo que uma parte eu crio, outra eu indico e uma terceira parte eu indico e comento. Gosto muito de ver meus posts indicados por outros blogs, como também fico feliz pelos agradecimentos das indicações que eu faço por aqui. Sempre dou a maior força para todos que querem começar um blog, e mesmo sendo de conteúdo semelhante ao meu, acho que a concorrência entre os blogs não existe. Eu sou um bom exemplo, leio mais de 40 blogs que falam sobre celulares e mobilidade todos os dias, mais uns 50 sobre tecnologia e no total leio mais de 100 blogs todos os dias, deste modo, acho que todos nós devemos ter acesso a mais conteúdo de qualidade.

Quando o blog era muito menor eu encontrei um verdadeiro chupa cabra de posts do meu blog que não dava a mínima para os meus e-maisl solicitando a indicação da fonte. O mais divertido é que o sujeito morava na Paraíba e copiava textos muito pessoais, nos quais eu comentava ter feito um determinado teste de conexão na Fnac em São Paulo durante um café com os amigos! Este blog acabou sendo totalmente deletado do WordPress, ou seja, a natureza cuidou do cidadão sem qualquer ação minha.

Hoje eu ainda tenho uma média de 4000 visitantes únicos por dia , o que é pouco comparado aos grandes blogs brasileiros, mas já não dou mais a mínima sobre estes problemas de copyrigth. Sempre vão existir cópias dos posts dde qualquer blog, e eu sinceramente prefiro utilizar bem o meu tempo escrevendo mais posts e criando mais projetos do que fazendo uma caça às bruxas dos posts copiados do meu blog.

Claro que se algum grande portal copiar um texto sem fazer as devidas citações minha postura será diferente, mas como geralmente eles são cuidadosos, eu continuo usando bem o meu tempo de trabalho no blog. Acredito que as cópias geralmente não duram muito, pois são descobertas ou acabam cansando da vida de escrever em um blog, pois o retorno não é rápido como eles imaginam, e o trabalho é pesado!

Para ler o texto do Bruno no Blog BrPoint clique neste link.

Powered by Qumana

2 Comments

  1. Richard 13/02/2008
  2. Rodrigo Toledo 13/02/2008

Leave a Reply