Bon Jovi: Steve Jobs matou a indústria da música

Segundo Bon Jovi em entrevista ao Sunday Times Magazine, Steve Jobs matou a indústria da música com sua loja iTunes e o iPod, conforme podemos ver neste pequeno trecho do texto publicado nesta semana:

Os jovens de hoje perderam toda aquela experiência de colocar os fones de ouvido, aumentar o volume para 10, segurar na jaqueta, fechar os olhos e se perder em um álbum; e a beleza de pegar sua mesada e fazer uma decisão baseada em [segurar a] jaqueta, não em saber como é o álbum, e sim ver algumas fotos e imaginar…

Meu Deus, era uma época mágica, mágica… Odeio parecer um homem velho dizendo isto, mas mas eu sou, e marque minhas palavras, daqui a uma geração as pessoas vão dizer: “O que aconteceu?” Steve Jobs é pessoalmente responsável por matar a indústria da música.

Eu sou do tempo em que as fitas cassetes eram uma ameaça para a indústria da música, matei muitas fitas que foram substituídas por Cd’s, que posteriormente foram substituídas por arquivos de MP3. Eliminei pessoalmente sem a menor pena mais de 300 caixas de CD’s e seus respectivos encartes, sendo que no processo somente uns 30 encartes mais bacanas foram guardados. Todos os meus CD’s foram ripados e doados para amigos e familiares, e sinto que com o formato digital eu ouço e consumo muito mais música, e acredito que o mercado ficou mais aquecido com os preços mais justos e a possibilidade de comprar músicas avulsas.

Agora pensando como músico, existem álbuns que são gravados como uma obra única que contam uma história e precisam ser ouvidos na íntegra, ou em alguns casos são mixados e contam com músicas totalmente ligadas, e a compra das músicas avulsas acaba estragando esta experiência. Eu também lembro de muitas músicas que acabei gostando com o tempo, pois na primeira audição não fiquei impressionado, e com certeza isso não acontece com muita frequência atualmente. Agora, será que existem tantos artistas gravando álbuns conceituais com estes estilos de gravações?

As coisas mudam, e as pessoas, músicos e produtores precisam se adaptar aos novos tempos buscando produtos diferenciados e mais interessantes, e quem matou o formato não foi o Steve Jobs ou a Apple, e sim a própria tecnologia, pois desde os primórdios do compartilhamento e download de músicas via Napster o negócio está mudando, e não há nada a fazer, a não ser criar novidades adaptadas aos novos tempos, como a iTunes.

[Sunday Times(somente para assinantes) via MSN]

Via Gizmodo.

 

7 Comments

  1. Forrequi 15/03/2011
  2. Scheldon 15/03/2011
  3. Erico gomez 15/03/2011
  4. André 16/03/2011
  5. gil 16/03/2011
  6. Rogério 16/03/2011
  7. Cristina Nascimento 07/10/2011

Leave a Reply